Clarices, Jornalismo

Clarices: O Triunfo

Esses dias estava procurando livros da Clarice Lispector, outra escritora, cronista e jornalista que admiro, além do Nelson Rodrigues (que até fiz artigo científico e uma reportagem sobre ele 🙂 ) e resolvi criar uma coluna no meu blog chamado simplesmente de Clarices, que periodicamente publico contos, crônicas, entrevistas e textos de autoria dela que mais gostei e amei.

Aqui vai um chamado de Triunfo que fiquei impressionado com a facilidade que Clarice tinha em levantar um personagem depressivo. Esse é o primeiro conto dela publicado primeiramente na revista Pan e recentemente publicado no livro “Clarice na cabeceira” da editora Rocco e organizado pela Aparecida Maria Nunes, que segundo ela, a Pan estava em declínio, era um publicação voltada para artigos e textos especializados em Segunda Guerra Mundial, mas sempre demonstrava interesse em textos literários. E foi aí que o primeiro texto de Clarice foi publicada e ganhou diagramação e ilustração.

E é aí também que percebemos as primeiras características das personagens claricianas nos textos. As palavras de Aparecida Nunes já diz tudo o que vamos encontrar:

A novela ‘Triunfo’, que estreia em Pan, não somente é importante por já esboçar o tom intimista e o perfil psicológico das personagens claricianas, mas também por estabelecer vínculo com a imprensa [Clarice estava começando a trabalhar com o seu lado jornalista]. Nesse texto estão presentes o fluxo da consciência, a exposição de conflitos íntimos sobre os diferentes modos de amar e as tais sensações vivenciadas pelas personagens femininas”.

Continuar lendo

Padrão